Tragédia Grega: Hipólito, Fedra e Afrodite, uma deusa ressentida - aulas ao vivo gravadas

Tragédia Grega: Hipólito, Fedra e Afrodite, uma deusa ressentida - aulas ao vivo gravadas

R$210,00

êthos anthrópoi daímon:

“O caráter é para o homem seu destino”

“O destino é para o homem seu caráter”

Heráclito

 

Este aforismo de Heráclito relaciona caráter e destino sugerindo que ambos são indissociáveis: aquilo que somos condiciona o que nos acontece e o que nos acontece expressa o que somos. Existiria o acaso, ou aquilo que assim denominamos possui raízes no destino e se entrelaça com o caráter? Este curso pretende investigar essas questões na tragédia Hipólito de Eurípides. Seriam Hipólito e Fedra vítimas inocentes de Afrodite?

Com a Profª e Jornalista Cristina Franciscato 

 

AULAS AO VIVO GRAVADAS
*Gravações de aulas liberadas somente por 2 meses

CONSULTE SECRETARIA DE CURSOS: números 98803-8089 / 98803-4634

Descrição

Este aforismo de Heráclito relaciona caráter e destino sugerindo que ambos são indissociáveis: aquilo que somos condiciona o que nos acontece e o que nos acontece expressa o que somos. Existiria o acaso, ou aquilo que assim denominamos possui raízes no destino e se entrelaça com o caráter? Este curso pretende investigar essas questões na tragédia Hipólito de Eurípides. Seriam Hipólito e Fedra vítimas inocentes de Afrodite?

  • Sobre o enredo: Fedra é esposa de Teseu (herói que venceu o Minotauro), com quem tem filhos, herdeiros do trono de Atenas. O Jovem Hipólito é filho de Teseu com uma Amazona. Devoto e seguidor de Ártemis, o jovem é casto e dedica-se à caça. Orgulhoso de sua castidade, Hipólito pretende manter-se afastado de Afrodite e de seu âmbito de poder. Desprezada, a deusa do amor, inspira em Fedra uma terrível paixão pelo enteado e assim começa o drama. O curso propõe investigar a relação entre o que acontece aos personagens – o desfecho trágico que vivenciam – com aquilo que de fato são.

 

Afrodite: uma deusa ressentida.

Hipólito: castidade e arrogância.

Fedra: paixão, doença, loucura.

Teseu: autoconfiança excessiva.

Ama de Fedra e servo de Hipólito: a sabedoria do simples.

Coro de mulheres: cumplicidade e reflexão.

Ártemis: uma deusa reconhecida.

 

  • Leitura sugerida: Hipólito de Eurípides, que possui as seguintes traduções:

 

Hipólito. Tradução de Flávio Ribeiro de Oliveira. São Paulo, Odysseus, 2010.

_______ Hipólito e Fedra – Eurípides, Sêneca, Racine. Três Tragédias. Estudo Tradução e Notas de Joaquim Brasil Fontes. São Paulo, Iluminuras, 2007.

_______ Hipólito. Tradução do grego, introdução e notas de Mário da Gama Kury. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1991.

_______ Hipólito. Introdução, versão do grego e notas de Bernardina de Sousa Oliveira. Brasília, Editora UNB, 1997.

 

Prof Cristina Franciscato

* Jornalista; mestre, doutora e pós-doutora em Literatura Grega Antiga pela FFLCH-USP; tradutora da Tragédia Héracles de Eurípides do grego para o português (Palas Athena Editora, 2003). Coautora dos livros: Estudos Sobre o Teatro Antigo (Editora Alameda, 2010) e A Representação dos Deuses e do Sagrado no Teatro Greco-Latino (Humanitas, 2013). Membro Pesquisador do grupo “Estudos sobre Teatro Antigo” (USP/ CNPQ). Membro da SBEC - Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos. Tem um canal no youtube, https://www.youtube.com/cristinafranciscato, sobre literatura grega.

Informação adicional

Categoria Curso

,

Dia da Semana

Duração

Período do Dia

O Solar do Rosário é um espaço particular de arte e cultura desde 1992. Direção: Regina Casillo e Lucia Casillo Malucelli
Rua Lourenço Pinto, 500, 7° e 8° andar - Curitiba - PR - CEP: 80010-160

+55 (41) 3225-6232 +55 41 98803-4634 +55 41 98803-8089
Solar Do Rosário Cursos Artísticos Ltda - CNPJ: 09.601.045/0001-96
userclosechevron-downshopping-cartbars linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram